quinta-feira, julho 31, 2003

Você já deu a sua gozadinha hoje?!

Diz o Tiaguitous Seidl, por e-mail, que hoje é o Dia Mundial do Orgasmo.

Segue ele:

"Data criada por redes de sex shops da Inglaterra. Como têm dia dos pais, das mães, das crianças, dos avós, etc., eles resolveram dedicar um dia para o ato de onde tudo isso vem. E no dia do orgasmo, nada melhor do que a velha e boa mensagem, para aqueles que querem comemorar afú: VOCÊ PODE ATÉ ESQUECER A CABEÇA, MAS NÃO ESQUEÇA A CAMISINHA! É isso aí, rapaziada! Aproveitem com segurança!
Beijos e abraços melados*"

Eu não sei se a informação procede, mas, por via das dúvidas...

*URGH!

# . por Joelma Terto .  1 Comentários     
Ciências Artesanais

MonocromáticoMulticolorido tem o prazer de apresentar: Ciências Artesanais # Versão Zine. É obra do nosso Cucas, o bebê fofo da Encantadora Trupe do Fucas da Folia. Ele é o dono do Fucas, inclusive, que bateu asas e foi aportar lá em MCZ City.

ciencias artesanais


ciencias artesanais
(clique na imagem, para vê-la ampliada)

Com a palavra, o criador:

Esse é um zine que vim fazendo há tempos, comecei no sul ainda e vim terminar aqui, nas Alagoas. Eu tentei tirar umas cópias em preto e branco, mas ele perdeu a qualidade, acho que visualizando ele vocês conseguem entender porque. (...) As poesias são minhas, e alguns dos desenhos é de um cara do qual sou muito fã, um cubano grafiteiro radicado em Nova Iorque, o artista plástico Doze Green, que faz parte da crew de um dos pioneiros do movimento hip hop, Africa Bambaataa. Se quiserem encaminharem esse zine pra suas listas, ou imprimir, sintam-se a vontade.
Grande beijo em todos,
Lucas Luz
- dasluzes@hotmail.com
[o menino que tem duas vezes luz no nome :) ]

Errata: para quem recebeu meu zine, o nome da posse que pertence Doze Green, o grafiteiro do qual sampleei algumas imagens, é Zulu Nation, e não Soul Sonic Force.

Como fanzineira de carteirinha, só posso dizer que ficou um trabalho lindão. Gostei demais.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     

quarta-feira, julho 30, 2003

enquanto isso, nas alagoas...

oi povo de deus
seguinte...
NÃO PERCAM A PUTA FESTA DE LANÇAMENTO DO DISCO "MARCELO CABRAL E TRIO
COISA LINDA"
, NO TRILHA DO MAR, GARÇA TORTA, DIA 1 DE AGOSTO, SEXTA A
NOITE, 5 CONTO OU 10 COM CD
é isso, vai ser bom danado, avisem às pessoas que cês conhecem, manda
e-mail, sei lá, ajudem pobre artista independente a ser independente
valeu, obrigado e vejo a maioria de vocês no show do wado nesse fim de semana
abreijos
jah


Marcelo é das pessoas que mais amo em Maceió. Pessoa linda, cheia de talento.O primeiro cd do mocinho é lindo. São só 5 músicas, que eu adoro. Agora estou curiosíssima pra ouvir o novo e ver o que ele anda aprontando.

Leia matéria aqui. Eis o trecho final:

Feliz com o lançamento do disco, Marcelo só hesita na hora de definir seu momento musical. Para ele, seguir um estilo definido é limitar seu espaço de criação. ?Se eu sou eclético para ouvir música porque não posso ser para compor??, questiona. ?No meu disco você pode ouvir de balada, sambinha e até rock?n?roll?, justifica o musico que neste trabalho consegue unir guitarras de carimbó e pandeiros a clarinetes de jazz e som psicoldélico.

Eu queria estar lá...(chuif)

EXTRA!!!
Marcelo Cabral e Trio Coisa Linda estão inscritos no Ceará Music, mas para que ele vá tocar no festival é necessário que todos votem, através do site www.cearamusic.com.br. Ele está inscrito no palco Nativo. Basta procurar a Votação Online dentro do site, escolher o palco Nativo e depois Marcelo Cabral e Trio Coisa Linda. E fazer isso repetidamente milhões de vezes por dia. :)

Conheçam, votem, repassem a informação e vamos mandarr o JAH no Ceará (rimou)!

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     

terça-feira, julho 29, 2003

anivershows da adriana deffenti!!!

Conforme prometido. A guria tá fazendo niver e vai comemorar com alguns shows. Pra quem tem interesse em conhecer o som da moça, eis alguns shows. O primeiro é HOJE. E o que é melhor: DE GRÀTIS.

Solo às Terças
projeto na CCMQ, Adriana Deffenti e Marcelo Corsetti fazendo versões acústicas do repertório de "Peças de Pessoas"
29 de julho - terça - 19h
Sala Carlos Carvalho - Casa de Cultura Mário Quintana
ENTRADA FRANCA

Anivershow II
o dia mesmo!:D
31 de julho - quinta - 22h
Zelig Bar - Sarmento Leite, 1086
couvert R$ 5,00

Anivershow III
não é o dia, mas é sábado e domingo dá pra dormir até tarde!
9 de agosto - sábado - 22h
Felini Bar - Galeria 24 de outubro (esq. Quintino Bocaiúva)
couvert R$ 5,00

Já falei dela aqui, mas quem se interessar a conhecer mais sobre, eis um perfil da Adriana Deffenti. Escrito pelo jornalista Henri Figueiredo e publicado no um Portal3 (produzido pela Agência Experimental de Comunicação da UNISINOS).

O Barulhinho, selo pelo qual lançou o cd "Peças de Pessoas", em dezembro passado, agora está atendendo por tudo (ou quase tudo) o que diz respeito à moça! Dos shows à venda de cds e divulgação do trabalho, quem responde por ela é Otávio Fernandes, mais novo sócio do selo.
O site da Barulhinho passou por uma super reforma, vale a pena dar uma olhada.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     

segunda-feira, julho 28, 2003

o dia de ontem reverbera no dia de hoje

 Monumento ao Expedicionário, na Redenção: centenas de pessoas disputaram espaço

Sossego: conversa sob as árvores
Foto(s): Emílio Pedroso/ZH

Os gaúchos estavam com saudade. Depois de uma semana com chuva fraca e constante, o sol voltou a brilhar ontem, por poucas horas, e a tirar de casa milhares de pessoas. Nos parques da Capital, era difícil caminhar com tanto movimento.
(Fonte: Zero Hora)

(a previsão é de tempo bom. pelo menos até quarta. aproveito. mesmo que do lado de dentro.)

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
oh happy day!

domingo de sol, calor, brique e viagem espacial. em boa companhia.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     

sexta-feira, julho 25, 2003

daslagoas

A dupla alagoana, de música eletrônica, Sonic Junior é destaque da Ilustrada (Folha de SP) de hoje, numa matéria de capa sobre selos independentes como estratégia para sobreviver em meio à atual crise do mercado fonográfico.

Os meninos acabam de lançar o selo “Mundo Perfeito” e o segundo disco, “O Mundo Lá Fora”.

Quero ouvir. E vale dar uma conferida na matéria.


# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
Beibi, o que é que há?

Nessa de ser vip, acabamos indo pro show do Simoninha, ontem. No caminho, especulávamos sobre que tipo de gente freqüenta o Abbey Road Pub, lugar onde seria o show e que nunca havíamos ido. Provavelmente gente mais velha. É, mais velha e rica&trouxa, pra pagar R$5 por uma longneck! Eu fico revoltada com esse tipo de coisa. Mas enfins.

Show bonzinho, sabe? Apesar de não ser lá fã do cara nem nada. Banda muito boa, virtuosa. Dei aquela balançadinha básica, apesar das lentinhas-ó-do-borogodó e das pessoas TODAS sentadas. Ele tocou até as únicas 3 músicas que conheço! E, no final, matou a pau com um super medley do TIM MAIA. Quase chorei, enquanto me chacoalhava toda.

Legal.


# . por Joelma Terto .  0 Comentários     

quinta-feira, julho 24, 2003

ah, elas estão descontroladas

Me identifiquei horores com esse post da Ticcia. Eu sou impressionantemente completamente descontrol. Quase sempre.

E eu sei que o título do post ficou bagaceiro pracaralhos. Mas não resisti. :)

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
pra quem duvida

minha sereia...

é VERDE. o mar de maceió é VERDE.

o crédito da foto linda é do meu querido Fernando Coelho, mas foi roubada da Nesce, que como boa alagoana na Holanda, morre de saudades da terrinha.

(também sinto saudades. às vezes. e também queria estar agora na orla, mas da Ponta Verde. um acarajé ou uma tapioca recheada cairia bem...)

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
alguém me explica?

esse tal de contador só pode estar louco. alguém aí também usa o Extreme Tracking e notou, por esses dias, aumento súbito de número de visitas em seus blogs? me recuso a acreditar em "fama", como insinuou o Vanildo. duvidei, ó.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     

quarta-feira, julho 23, 2003

mas ah!

o que deu em vocês, seus loucos?!?

ontem, terça-feira, o monomulti bateu seu record de visitas: a incrível marca de 112 acessos.

feliz como estou HOJE, após o anúncio de um novo TRABALHO que vai me ocupar todo o mês de agosto e pagar minhas contas no fim do mês, só tenho a comemorar.

acho que no findi rola um espumante pra brindar as coisas boas da vida.

mas, post novo mesmo, só amanhã. :)

...

(o squarkbox, segunda caixinha de comentários, está dando pau. inclusive "comeu" uns comentários. então usem a primeira, ok? espero que os comentários enviados para o limbo sejam devolvidos)

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     

terça-feira, julho 22, 2003

universo paralelo

"no fundo do poço sem fundo brilha um clarão AZULado
todo segredo do mundo, nesse clarão tá guardado"
(Wado)

(post-citação livremente inspirado nos últimos posts do Chico. não sei se ele me entenderia, mas lendo tudo aquilo, bateu uma coisa doida, uma saudade quem sabe? uma vontade de ver e conversar com um monte de gente... de ir. e VOLTAR.)

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
do lado de dentro

Claro, o dia de amanhã cuidará do dia de manhã e tudo chegará no tempo exato. Mas e o dia de hoje?

Só quero ir junto com as coisas, ir sendo junto com elas, ao mesmo tempo, até um lugar que não sei onde fica, e que você até pode chamar de morte, mas eu chamo apenas de porto.


(Caio Fernando Abreu - parte de um conto chamado "Lixo e Purpurina", escrito em 1974, quando o autor se encontrava em Londres. Do livro Ovelhas Negras)


É que o Caio, pra mim, anda ali, emparelhadinho com a Clarice. E eu achei tão triste e tão singelo esse trecho, que achei pertinente entrar aqui. Porque a notícia da morte do coração selvagem me deixou triste. Triste por não mais poder ler tuas palavras, GUIU. Mas, se tudo tem mesmo o seu tempo...

Sentiremos tua falta. De dentro do coração selvagem, que é como o do Belchior: tem essa pressa toda de viver, mas acha um conforto enorme nas tuas palavras.

Te beijo.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     

segunda-feira, julho 21, 2003

fragmentos de um domingo



"- É felicidade isso.
- Eu ia dizer a mesma coisa."

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
fragmentos de uma sexta-feira

Boa a visita do amigo, de perto, do coração, distante. E conversar e tomar chá e viajar e falar e falar e falar. E ouvir.

Me fez pensar. Ele não sabe o quanto. Mas me fez pensar. Muito. Sobre muitas coisas. Mas hoje é tudo tão mais simples. Criatura média com médias expectativas: me defini. E me *defendi*, depois. Mas não quero fazer isso aqui. Não agora. Não importa. O que importa é que o *simples* vem daí, do médio. E é a simplicidade que busco. E com ela, a felicidade. Cansei de ser triste, de escarafunchar problemas, de ser insatisfeita. Ainda não sei o que quero, mas sei que quero buscar satisfação em seja lá o que diabos esteja fazendo. E isso é bom. E é assim que tem que ser.

Tem tanta coisa ainda, no meio do caminho. As dúvidas, inclusive. Mas tem também uma companhia gostosa, sempre ao lado. E isso é tão, mas tão bom, que dá vontade mais ainda de criar raízes a sair sem rumo por aí, como pediria o lado aventureiro que deveria haver em mim.

E eu penso que não vou pensar muito. Porque dói. Vou só seguir em frente. E que seja doce, como diria o Caio...

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
ah, o verão!

bem dostosinho o calorxinho que fez esse findi na república de são pedro, não? aqui dentro, o frio peculiar + chazinho de morango - e eu te digo: não é das melhores coisas que existe no mundo, mas enfins.

(ontem foi dia de festa. bem comemorado horrores, diga-se.)

o que me mata é só essa vontade *louca* de fumar um cigarrito. maldição!

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     

sábado, julho 19, 2003

nóiz!

O bêbado......e a doida.


eu achei que ficou IGUALZINHO. uma coisa assim: just perfect!

(esse post só foi possível graças à ajuda do Sanfer, que me ensinou pra que serve a tecla "printscreen", que eu nem sabia que exisitia. gracias!)

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     

quinta-feira, julho 17, 2003

devassa!

Aline é uma desavergonhada. Tem dois maridos (Otto e Pedro) e ainda reserva energia para dar umas puladinhas de cerca. Mantém um caso com o borracheiro do bairro (Jean Pierre, ex-estudante de Filosofia na Sourbone). Otto e Pedro morrem de ciúmes e de amores por Aline.

Eu adoro as tiras da Aline, personagem criada pelo cartunista gaúcho Adão Iturrusgarai e que, durante muito tempo, foi destaque na Ilustrada (Folha de SP). Ela é tudo aquilo ali de cima e mais um pouco: sem pudores, falsos moralismos ou qualquer coisa politicamente correta.

Eis que, vagando pela rede, outro dia, encontrei O mundo maravilhoso de Adão Iturrusgarai. Muito legal. Muitos cartoons, tiras, historinhas. Além da Aline, tem ainda outros personagens, como Rocky e Hudson (os cowboys gays); Los 3 Amigos (impagável, junto com Laerte, Glauco e Angeli); Vida de Cachorro...

Visitem o site. Mas como não resisto, taí umas tirinhas, pra enfeitar meu precioso canto desbotado:








# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
É só uma cabeça equilibrada em cima do corpo

“Eu sou um caranguejo e estou de andada. Só por sua causa, só por você. (...) Ô Risoflora, vou ficar de andada até te achar. Prometo, meu amor, vou me regenerar. Ô Risoflora, não vou dar mais bobeira dentro de um caritó. Ô Risoflora, não me deixe só.” (Chico Science e Nação Zumbi)

...
Onde estão os homens-peba?!? Sou sou sou sou sou sou peba-girl! É só equilibrar sua cabeça em cima do corpo, procurando antenar boas vibrações, preocupando antenar boa diversão.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
links

finalmente consegui reclassificar os links dos blogs ali no canto direito. dividir por cidades era uma idéia, desde que comecei a colecionar MUITOS links e já andava me passando na hora de procurar o que queria, já que não estava em ordem alfabética. enfins. tem coisa nova por ali também.

e o que é melhor: descobri, também finalmente, como fazer com que os links abram em nova janela, sem precisar usar o botão direito do mouse! (oh!)

agora só falta o novo template, em fase de construção, que logo logo deve ser inaugurado. tá ficando tri. :)

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     

quarta-feira, julho 16, 2003

sui generis

Há um homem morando numa Brasília azul, na minha rua. Além de estranho, achei bastante interessante. E tô curiosíssima por mais detalhes!

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     

terça-feira, julho 15, 2003

mais uma mini-egotrip de 1999

Sentada em frente ao sol em Porto Alegre. E quando o olho, ele me olha. Me sorri. Me beija a face. O frio ainda não passou. Mas faz sol e da janela um homem parece me ver. Enquanto ouço a música enquanto o sol me molha. Pensamentos. Sorriso bobo. E um cheirinho bom de bolo de chocolate. Recheado de que? Ao fundo, o barulhinho da vida. Na rua o carro que corre; do banheiro, a água que escorre. E o homem lá, na janela, de novo. Será que espera alguém? Como eu? Não como alguém como eu. Como alguém que também espera. Por quem ou o que? Eis o xis da questão. Espera que a vida passe, como o caminhão que passou agora a pouco, barulhento e forte.

Joelma T.
PoA
Set/1999

...

Relendo isso, bateu uma nostalgia boa. Lembro exatamente o dia que escrevi isso aí. Chapatantis mutantis, na casa do Churras, recém chegada, abobada... Lembro da felicidade que era descobrir o novo. Tudo novo. Nova cidade. Novas pessoas. Novos sabores, cheiros e sensações. Tudo tão louco de bom que dá, sim, uma certa saudade...

(lembranças muitas da nossa Flá, menina linda, menina azul...)

E deixo isso aqui, por completa falta de tempo. E inspiração.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
que merda é essa?

27° ao meio-dia, depois de vários dias de temperaturas baixíssimas, sem sequer qualquer previsão.

isso é que eu não suporto. ao invés de ficar feliz com o calorzinho, fico é puta por quase passar mal e derreter, embaixo de um monte de roupas e casacos, sem aviso prévio. se é pra fazer FRIO, que pelo menos faça frio o TEMPO TODO, diabos!

ah, como eu odeio as oscilações do clima desse lugar!

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     

sexta-feira, julho 11, 2003

meu reino

e já que hoje eu tô assim, falando pelos cotovelos, eu lembrei que no próximo dia 13 fazem 2 anos que me mudei pro meu atual apê. pelo menos é o que tem no contrato. meu "apertamento", meu bunker, como eu chamo. pequeninho, mas só meu. minha casa, meu espaço. onde eu mando e desmando. onde eu bagunço à vontade e depois baixa a maria e eu arrumo tudo.

meu sonho realizado: morar sozinha. é uma coisa assim, meio egoísta, de não querer dividir nada com ninguém. de querer ser sozinha quase sempre, mesmo sem querer. de voltar pra casa e encontrar tudo no exato lugar onde tu deixou antes de sair. é muito louco, mas foi com isso que eu sempre sonhei desde muito.

claro que ainda tá longe muito longe de ser a casa dos sonhos. mas eu acho um cantinho lindo. é um lugar cheio de energia (ok, sem papo holístico, mas TODO mundo que vem aqui diz isso, curte estar aqui, acha legal). cada coisinha que comprei, que ganhei, que herdei, até que catei no lixo, como o quadro da zebra com uma flor na boca e de bunda pra cima! as almofadas que mandei fazer, a canga marrom com um sol amarelo e estrelas cor-de-rosa-choque emulando uma cortina, os postais na geladeira, a cadeira do diretor made brique da joão pessoa, a cortina do banheiro combinando com o jogo de copos coloridos, primeiríssima aquisição do enxoval tosco... cada objeto me diz muito. é parte de mim, da minha história.

o reino de quem já foi coroada rei de si mesma (só pra citar, involuntariamente, meus amaditos hermanos)

(eu acho que sou obrigada a me sentir meio realizada, certas horas, apesar da insatisfações e reclamções quse constante)

começo a pensar nos festejos de re-inauguração da velha casa nova. ela merece uma comemoração.


# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
mudando de assunto, mas no mesmo tom

diz minha mãe, por telefone, que minha tia está tentando persuadí-la a me convecer a voltar. minha mãe, que me conhece o suficiente, disse a ela que não é capaz de tal atitude porque sabe que se eu QUISESSE voltar, já estaria de mala arrumada.

eu não tenho certeza de quase nada na minha vida, mas tenho certeza absoluta que quero continuar AQUI. e que não vai ser dificuldade financeira ou esse frio de merda ou qualquer outra coisa que me fará querer o contrário.

falando nisso, minha vida profissional parece que tá começando a voltar aos eixos. três trabalhos engatilhados e um no forno. grana mesmo, acho que só começa a entrar em setembro, mas pra quem, até o mês passado, estava com o cu na reta, tá bom demais. esse parágrafo mereceria um post super especial, tamanha importância tenho dado a isso (e com razão) nos útlimos tempos, nos últimos meses de sufoco e perrengue. mas deixa assim.

o que importa dizer aqui, pra vocês, amigos muitos que continuam aparecendo pra saber o que se passa do lado lado de cá do Mampituba, é que estou super confiante. e tô feliz. e que tudo tudo vai dar super certo e que eu vou conseguir acertar a seta no alvo. ah, vou.

(me sinto uma sobrevivente, certas horas.)

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
frio de renguear cusco

sem exagero e sem fiasco, eu juro que nunca senti tanto frio como nesses últimos dias, desde que estou em Porto Alegre, há quase 4 anos.

tô passando mal. muito mal. tô toda entravada, apesar de toda ensacada em mil roupas e meias.

tá difícil dormir, mesmo com tantas cobertas e cobertores.

esse inverno tá foda. muito foda.

(e essa noite fui numa janta num apê com lareira! nessas horas eu me permito sentir inveja. mas meu sonho de consumo era um sistema de calefação central. póbi!)

eu fico só pensando: quantos graus deve estar fazendo em Maceió agora?



# . por Joelma Terto .  0 Comentários     

quinta-feira, julho 10, 2003

traz o mate e te aprochega!

o inverno finalmente resolveu dar seu ar* da graça. não que eu veja nisso alguma vantagem, mas enfim. agora é tirar os casacões do armário. e torcer pra o frio passe logo e dê lugar ao calor asfáltico e sufocante do verão portoalegrense.

sobrevivo às irregularidades das condições climáticas dessa cidade.

* a julgar pelo quase tornado que se abateu em são francisco de Paula (e que logo chega por aqui), eu diria “vento” da graça. se não fosse tão infame a tentativa de trocadinho estúpido. e tô me lixando pro lugar comum. pff.


# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
E o Pierrot, chora!

O Pierrot apaixonado chora pelo amor da Colombina
E na esquina se mata a beber pra esquecer, pra esquecer
E o Pierrot só queria amar
E dar um basta a esta dor já sem fim
Mas Colombina trocou seu amor por Arlequim

(Marcelo Camelo)


Cedezinho mais dor-de-corno-hard-core-parnaso-trash esse primeiro dos Los Hermanos, heim? Também quase todas as letras do Marcelo Camelo...

Eu prefiro o Rodrigo Amarante.

Ô.

(momento piada interníssima: Joelma, a Fã Clandestina - e Hermética!)

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
BLACK OUT
anotações de ontem à noite


Fica tudo tão mais legal assim, à luz de velas. Não fosse a geladeira pingando, o computador desligado, o cappuccino que ficou por fazer...

As coisas, parece, começam a se encaminhar pro lugar certo, embora não saiba exatamente o que é certo e o que é errado. Nunca soube. Eu acho.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     

segunda-feira, julho 07, 2003

mondo animal

conheçam a suricata e o pato de bico vermelho.

...

só mais uma homenagenzinha...

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     

quinta-feira, julho 03, 2003

pra ti

“eu encontrei
e quis duvidar
tanto clichê
deve não ser...”
(rodrigo amarante, in “último romance”)

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
Isso que ouso chamar de

Acho que dizer que estou feliz basta. Felicidade insana. Insana felicidade.

Houve um tempo em que via tudo como distante e impossível. Eis que o que era distante, agora tão perto. E o impossível não mais, nem nunca foi. Ah, felicidade!

“Quando eu penso em você eu tenho febre” (RR)

Quando não estás aqui, fica tudo mais ou menos sete cidades.
Quando estás, fica tudo lindo. AZUL. Quentinho e aconchegante.


minhas flores azuis
Me dá tua mão, vamos passear.

....

sei que não se deve sair por aí contando dinheiro na frente dos pobres e que corro o risco de parecer adolescente abobada fazendo disso diarinho, mas não tenho como não fazer esse comentário:

meu pequeno-grande-floricutor-virtual, simplesmente, NÃO EXISTE! é tão perfeitinho, tão fofo, tão querido, tão lindo... que parece até invenção.

digo isso porque a cada dia, dos últimos 63 73, a criatura me dá cada vez mais só alegrias.

me dá carinho e cafuné e me bota no colo e me diz coisas lindas, como ontem à noite, quando eu estava malzona, chorosa e descrente na vida.

me cobre de mimos e surpresas, como há horas atrás...

me entende e me completa.

ó: tu não existe. :)


# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
novas pesquisas

eu publiquei uma vez. é divertido horores ver como é que as pessoas vêm parar acá, através de mecanismos de busca. aí minha coleção de preciosidades. (minhas impressões&expressões, em parênteses)

totalmente!
leiam com atenção esse tópico. em quase todos, eu só consegui pensar: heim?!?
- rituais enxofre sal (?)
- simpatia com óleo de boto
- figuras para chá de fraldas (!)
- casas estilo atlântido (ãnh?)
- beijo asfáltico
- senadora heloísa helena beijo na boca
- fotos de achas de indios
- fotos minador del tomate (detalhe: essa búsqueda foi feita en la Google espanhol)
- versos para decepcionados de amor (póbis!)
- mais parecida comigo que eu (ah, tá!)
- música com pente de pentear (what a hell?!?)
- receitas caseira de cabelos (alguém me explica? alguém?!?)

gente estranha!
- geladeira e backbone (o que raios ele ele tem a ver com a geladeira?!?)
- xupiter como acabar (ah! é xó xamar o xabin !)

só dá ela!
- Joelma da banda Caypsilon *** (& infinitas variações) *
- cantora Joelma (êta mulé ruim!)
- meu califa
- fechosa (uh!)
- Joelma fire (pódivirquentequeuestoufervendo!)

monomulti também é curtura
- origem do tiatro
- historia whiskas

rabiscos
- desenhos de leões e leoas dormindo
- desenhos de bolo
- bailarinas para colorir
- mandalas para colorir

eu quero é sésquisso!
(por motivos superiores, todo o conteúdo desta seção pode ser visualizada através da caixa de comentários à direita)

hour concours
- papel de parede para fundo de tela de computador com santo expedito (muita fé. e axé)


* muita gente chega até aqui procurando pelas "letras da banda calipso" ou por “joelma da banda calipso”, o que é um perigo: caem aqui, vêem uma joelma e devem pensar logo que entraram no blog da própria diva brega! já pensou? medo.

e (um monte de gente) por "bebe negão do renato Fechini", uma música trash de um cara mais trash ainda, que inventei de colocar num post uma vez.

santo deus!

também tem chegado um bastantão de gente procurando por BAGASEXTA, a festa-espetáculo portoalegrense que eu ADORO e não perco por nada (se bem que as 2 últimas não fui, porque depois que saiu na zero hora e virou coisa de popete não tá mais rolando conseguir entrar).

# . por Joelma Terto .      
socorro!

mas fiquei bloqueada. e agora, de noite, só sonho gemada. (a galinha)

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     

quarta-feira, julho 02, 2003

momento de histeria

"eu não vou mudar não*
eu vou ficar são
mesmo se for só
não vou ceder
deus vai dar aval sim
o mal vai ter fim
e no final assim calado
eu sei que vou ser coroado rei de mim"
(marcelo camelo, in "de onde vem a calma")

esse blog devia mudar de nome pra MonotemáticoMultifanático

* mas a verdade é que eu prefiro ser essa metamorfose ambulante. e mudar e mudar e mudar. um monte.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
mórbidas semelhanças
OU
separados no berço


Daniel Galera e Rodrigo Barba

Guilherme Pilla e Bruno Medina


# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
Iaiás

las fanáticas hermanas amarânticas

na veia!

ao funghi

y una Grapa Miel Vesúvio (pra arrebater)

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     

terça-feira, julho 01, 2003

(nesse exato momento - são 01.09 da manhã - eu tô vendo que tá rolando um chat num dos posts abaixo, mas não posso fazer absolutamente nada. porque desde que publiquei o post abaixo que não consigo acessar o meu próprio blog. esse aqui mesmo. que diabos!)

EXTRA!só pra dizer pro sanfer e pra rafa que esse post sobre chá NÂO tem NADA a ver com o papo sobre "chá de habu" que tá rolando entre eles nos comentários do los hermanos... as duas criaturas citadas NÂO são vocês ok? (é que depois que postei é que me dei conta que podia haver um mal entendido, já que vocês dois também estão falando de chá e talicoisa).

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
tá bom!

A ABA-POA (Associação de Blogueiros & Associados de Porto Alegre– ok, a sigla tosca foi invenção minha, agora) realiza, hoje à noite, seu primeiro jantar-temático.

O tema da noite é: LOS HERMANOS .

Porque sim. (e porque é óvbio & amarante. ok, ok, eu juro que não ouso mais tentar nenhum trocarilho infame! ok?)

(e eu não perco por nada nesse mundo)

...

“Parece que foi ontem
Eu fiz aquele chá de habu
Pra te curar da tosse e do chulé
Pra te botar de pé”
(Rodrigo Amarante, em Do Sétimo Andar)

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
tea with me

Dois amigos meus, numa noite, de bobeira. Colheram uns cogumelos debaixo da bosta de um cavalo, no meio da rua. Foram pra cozinha da casa do pai de um deles. Fizeram uma baita panelada de chá. Tomaram. E foram para a praia. (isso foi em Maceió). Esperaram. Esperaram. Esperaram. E não deu foi nada. Barato nenhum.

Lembrei dessa historinha pra ilustrar esse post, que é só pra dizer a DUAS CRIATURAS que: EU NÃO SEI FAZER DROGAS DE CHÁ ALUCINÓGENO NENHUM, CARAMBAS!!! Aliás, o único chá que sei fazer é de CAPIM SANTO (aka cidreira). E que não dá barato.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
CORES&nomes

Acredito e prego que tudo tem sua hora de/para acontecer. As mínimas coisas, como um disco aparecer na tua vida.

Conheço um monte de coisas do Caetano, mas outro dia, querendo ouvir alguma coisa diferente, encontrei o Cores, Nomes na prateleira da Rafa. Disco de 89, que nunca havia ouvido inteiro, até então.

Putz, que dizer? Tuuuudo a ver.

Já conhecia umas músicas (tenho até algumas gravadas, como Queixa, e Sonhos). Músicas maravilhosas, como a linda Sete Mil Vezes, Sina (do Djavan), uma versão impagável de Meu Bem, Meu Mal, só voz e piano, a singelinha Um canto de Afoxé para o Bloco do Ilê (com participação do Moreno Veloso e que eu adoro!), a muito tudo a ver TREM DAS CORES...

Meio BG pra minha vida nos últimos dias, eu diria.

Noite feliz
Todas as coisas são belas
Sete mil vezes
E em cada uma outra vez querer
Sete mil outras
Em progressão infinita
Quando uma hora é grande e bonita
Assim, quer se multiplicar
Se habitar
Todos os cantos do ser
Quarto crescente pra sempre
Um constante quando
Eternamente o presente você me dando
Sete mil vidas
Sete milhões e ainda um pouco mais
É o que desejo e o que deseja esta noite
Noite de calma e vento
Momento de prece e de carnavais
Noite de amor
Noite de fogo e paz

(Caetano Veloso)

# . por Joelma Terto .  0 Comentários     
momomulti, descaradamente, apresenta:
Calendário Trash
(para moninas corajosas. mês 7)

por jah!

...

eu juro que posto com medo de ser processada por danos psicológicos!

# . por Joelma Terto .  0 Comentários