sábado, abril 10, 2010

SELVA
Muro do Ocidente, João Teles, Porto Alegre.
Foto: Joelma Terto - www.flickr.com/photos/monomulti


Abri janelas, esvaziei gavetas, arredei colchão.
Vou tirar a mala de cima do armário. Limpar. Ariar. Deixar quarar.
Tem a ver com abril e outonos. Com Clarices e Chicos.
Ouvir mais, gritar menos.
Aspereza e doçura.
(porque não não é resposta)
Nem sempre ganhar - um jogo, uma guerra - é o mais importante. Até porque, quase sempre, nem é partida, nem batalha. Mas quase sempre a gente nem sabe.

...

E, não é mesmo, Marcelo Camelo, que "perceber aquilo que se tem de bom no viver é um dom"? Não é?

# . por Joelma Terto .  7 Comentários