segunda-feira, setembro 21, 2009

rotina
Todos os dias, num determinado momento entediante da minha tarde cheia-vazia, eu faço um esforço mental enorme e grito internamente "UM MILAGRE AGORA!".

Mas ele não acontece.

...

self portrait monday mostarda com lata de tinta no chão de ladrilho da cozinha


Inspirada nesse post da Ana, tirei da gaveta a meia-calça MOSTARDA, da Lupo, que tenho há sei lá quanto tempo (7? 8 anos? como é possível alguém ter uma meia-calça há 7 anos?). Perfeita para estrear as boots novas, o achado do final de semana na praia (Tramando lá Tramando aqui Tramandaí). Ou litoral, como acharem por bem. Porque não tem coisa melhor do mundo que fim de estação na praia-litoral com vento forte e aquelas lojinhas todas, tudo em liquidação. Tramandaí-Cidreira-Pinhal. Não tem não tem. E eu ainda trouxe um bracelete AMARELO (que venha o flúor-escente!), lindo de viver, por dôrreal. Pra completar o visu, hoje, eu vesti minha SALOPETE de veludo cotelê, comprada há séculos e séculos amém em um brechó desses da cidade, por vinterreal, e tou lépida, límpida e faceira nesse lindo e enclausurado dia de sol.

As latas de tinta no chão encardido da cozinha? Só por hoje eu vou esquecer que estamos em obras. Só por hoje.

...

No meu iPobre, Drexler, o irmão mais velho, canta, daquele jeito só dele:
"Brindo por las veces que perdimos las mismas batallas"
Eu? choro-sorrio.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários