segunda-feira, maio 25, 2009

saturday, alive!
ou MOBILIDADE DO MSD PRESERVADA

Sábado lindo, de sol e quentinho. 77 e eu dividimos o dia em três partes.

Pela manhã: nos perdemos pelas ruas do bairro São Geraldo, com seus nomes de estados e cidades, só pra achar o melhor custo benefício em molduras.

À tarde: começamos o projeto Extreme Makeover da cozinha, com direito a raspação de parede, muita sujeira e bagunça na casa toda, estilo sessão da tarde - transformando sua vida num verdadeiro inferno, sem data pra acabar.

À noite: a Joelminha aqui foi parar num pronto socorro traumatológico chorando, uivando e gemendo de dores dilacerantemente insuportáveis no ombro - ombro é modo de dizer; a dor começava no pescoço e ia até a metade do braço, descendo cintura abaixo. Ganhei três raios-xises, uma hipótese diagnóstica de cervicalgia, uma injeção no bumbum e um colar coisa linda de imobilização cervical, última moda em Paris, mas que, definitivamente, não me favorece. Voltei pra casa chorosa e com a bunda ardida.

isso é só o começo do pandemônho


a Torta - no self portrait monday, com marido ao fundo


Taí uma pessoa que sabe aproveitar um sábado de sol, quentinho e bem lindo.

Unhé.

...

Descobri que além de não saber lidar com a dor (emocional) dos outros, eu não sei lidar com a minha própria dor (física).

Unhé.

...

Diálogos:

(voltando pra casa, quase meia-noite)
77: Tá passando a dor?
Jojo: Não. Mas minha bunda tá ardendo.
77: Quem sabe tu te concentra na ardência da bunda e começa a esquecer a dor no ombro?

(em casa)
77: Você é bem mulherzinha, sabia?
Jojo: Sabe, Sete, eu queria saber lidar melhor com a dor. Pessoas que lidam bem com a dor sofrem menos.
77: Não, meu amor, pessoas que lidam bem com a dor ganham menos carinho.

Unhé.

...

O corpo fala. Essa é segunda vez, em menos de um mês, que o meu está tentando se comunicar comigo, mas eu não sei muito bem o que ele quer dizer.

Unhé.

...

Ainda dói. Mas só quando respiro. Literalmente (e isso não é uma piada).

Uuuuuuuunhé.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários