sexta-feira, maio 01, 2009

o (pan)demônho são os outro
Tem coisas que são imperdoáveis. E algumas pessoas não podem nunca ser perdoadas pelas coisas imperdoáveis que fazem. Seu Jorge, por exemplo. Eu nunca - jamais, ever, jamé - vou perdoar esse senhor pelas versões bisonhas em português das músicas do Bowie. Como perdoar alguém que me faz cantarolar, involuntariamente, "zero a zero", agora, toda vez que ouço Rebel Rebel? Não pode. Não dá.

...

Eu já vi muita coisa bizarra nessa vida. Mas nada tão chocante quanto uma customização de boneca Blythe. Se você tem nervos fracos, NÃO CLIQUE NESSE LINK!

...


Falando em coisa bizarra... Sou louca pela Sarah Jessica Parker e pelo Matthew Broderick juntos. Agora, isso aqui é demais.

...

Eu não sei vocês, mas eu tô a-pa-vo-ra-da com esse negócio de gripe suína. Eu, que adoro uma bisteca e que tenho um porquinho de porcelana - mezzo kitsch mezzo cafona - na minha cabeceira a fazer companhia nas leituras antes de dormir. Ah, eu tô.

...

Não sei como vai ser o feriadão de vocês, mas aqui no Chamego Center já está sendo de fortes emoções e obras. Vejam só a programação do Grande Sábado de Aleluia, abaixo - em itálico, por 77 de Arrabéus:

coisa que a gente pode estar tentando sanar:

- Descarga do Banheiro, com a glória de Deus.
- A Régua Ungida do Criado Mudo
- Tábua da Santa Ceia Matinal: Fé até a Vitória.
- Luz Divina nas Trevas do Pátio
- Puxadinho Santo de Israel, ALELUIA GENTE!


Não vejo a hora de fazer uma visita a recém inaugurada Leroy Merlin!

...

Em homenagem à Ísis D'avila e ao Ano da França no Brasil, a pergunta retórica da semana sai direto das páginas do Le Petit Prince, aquele menininho louro que ama uma rosa e caiu de um planeta imaginário no deserto do Saara: tu realmente te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas? E em que peso e em que medida?

...

ATCHIM!

# . por Joelma Terto .  0 Comentários