sexta-feira, abril 24, 2009

É sobre crescer e não amadurecer
Você se dá conta que envelheceu - e, não necessariamente evoluiu mas, se tornou, pelo menos, mais exigente - quando troca o áspero papel higiênico chechelento por um fofinho folha dupla com coelhinhos impressos em baixo relevo.

...

A saquerinha (caipirinha de saquê) de morango é ou não é a invenção do capeta? Malditos ocidentais - no caso, nós!

...

Bens materiais? Deixo quase nada. Minha coleção de usáveis pulseiras de plástico, talvez. De todos os tamanhos, cores e texturas. Elas não valem nada, mas são muitas - e tudo o que tenho. Um dia, quando a Valentina for maiorzinha e entender bem o significado das palavras, vou chamá-la num cantinho, abrir aquela gaveta mágica e dizer, em tom solene: "Meu amor, um dia tudo isso será seu".

# . por Joelma Terto .  0 Comentários