terça-feira, fevereiro 19, 2008

loucuras de verão
Joelma passa reto e finge que não vê a LIQUIDACIÓN em letras coloridas na Calle Florida, centro de Buenos Aires. 77 fotografa tudo do outro lado da rua, no verão de 2006


Há alguma coisa errada quando:
1) sua chefe volta de Paris e a primeira coisa que faz quando chega no escritório é ir na sua mesa, te puxar num canto e dizer que só lembrou de você na cidade-luz. a torre eiffel? o senna? notre dame? o quartier latin? os arcos do triunfo? mona lisa, seu sorriso e a pirâmide do louvre? casal cover de sartre e simone de beauvoir de mãos dadas debaixo de uma árvore em frente à sourbonne? nada dissa: as inacreditáveis liquidações de inverno pipocando em cada vitrina de cada esquina: "a tua cara!". juro por deus.

2) uma das suas melhores amigas também volta das zoropa e vai almoçar com você e o seu marido. a primeira coisa que ela te diz quando vocês acham uma boa mesa? que sentiu saudades? essa foi a segunda. "Eu só lembrava de você vendo aqueles sapatos todos, lindos e baixos, tudo em liquidação, TUDO, naquelas loxinhas espanholas. Tanto, tanto, tanto".

3) você enfrenta a free-way num domingo ensolarado pra buscar a afilhada mais linda do mundo na praia. sua comadre te olha bem no olho e diz: "xoxô, lembrei tanto de você nessas duas semanas de férias e veraneio: tá tudo em liquidação aqui em Capão". por via das dúvidas, eu fiquei bem longe do centrinho.

(o que eu fiz da minha auto-imagem, meu dôs do céo?)

Isso tudo é só um prólogo besta pra dizer que:
1) amanhã, quarta, dia 20 tem bazar de liquidação da Pó de Estrela e a Paola quer ver todas vocês lá, ouquei?
2) quinta, 21, é dia de chá gelado na Louloux. e dia de chá é dia de desconto de até 40%. a Clarissa também faz questã de uma passadinha.

Eu tô me segurando nas tamancas. E prometo que mudo de assunto quando começar o outono.

...

Para comemorar seus bem vividos 40 anos, a irmã de 77 alugou um espaço onde a atração são incríveis brinquedos para adultos. Não é nada disso que vocês tão pensando, seus podres. Estou falando de cama-elástica, tobogã, briga de cotonete gigante e touro mecânico uó. Eu amarrei os peitos e disse pro 77 que ia ficar 3 horas initerruptas pulando na cama-elástica. "Tu não agüenta 15 minutos", disse o numérico, e eu odeio quando ele tem esse poder nostradâmico de previsão. Foram só dois turnos, de 5 minutos cada, botando os bofes pra fora e com direito a uma queda fenomenal. Em menos de meia hora eu já estava descabelada, suada, com os pés sujos e um dos joelhos ralados. Mas me diverti horrores, especialmente com a piscina de bolinha. O Setinho também. Eu não falei que "lúcido" combinava com "lúdico"? An-rã.

...

"Sábado fui assim" ou Momento Cristiana Guerra total - antes da cama elástica, course:

(clique na imagem para ver maior)


blusinha Relicário sobre camiseta preta com manga de rendinha C&A
short Riachuelo
sapato Louloux
bolsa Coza by Heloísa Crocco
presilha Paola Abiko
colar (não me lembro, presente da Driquinha)
Jon Bon Jovi na TV

...

As inacreditáveis buscas da semana.

- Uma buxca purtuguesa, com certeza.

- Tratamento Capitão Nascimento Disléxico: pede pra sair, pedra nos rim, pede!

- Delicadinha da mamãe.

...

Zentchi, Simone Quintas citou meu comentário sobre pôsteres (post "Pôster bom, pôster ruim", de 10/01) na edição impressa da Casa e Jardim desse mês. Toda boba eu fiquei. Com delay e tudo, como tem sido a vida nesse mês de fevereiro: ela acontece, a vida, mas eu só comento muito depois.

...

Tô só o caco. Vocês não?

# . por Joelma Terto .  0 Comentários