terça-feira, novembro 20, 2007

nem muito ao Sol, nem muito à Lua




Como vocês podem ver nas fotos acima, não resisti ao apelo da Kelen e fui ver a exposição No Ar, comemorativa aos 50 anos da (hegemônica rede de comunicação do Rio Grande do Sul) RBS, no último dia. 77 e eu já tínhamos tentado ir, mas a absurda fila pra entrar na Usina do Gasômetro era de chorar. Aproveitamos o domingo chuvoso e acordamos cedo. Valeu muito a pena. Dois breves comentários:

1) não dá pra dizer que a rede não tenha senso de humor. Tô falando daquele apoteótico vídeo, em tela gigante, cujo um dos (muitos) destaques é a hilária cena do Lasier Martins tomando um choque, ao vivo, no Jornal do Almoço, na década de 80 e que veio à tona recentemente com o advento (adoro essa palavra que a gente nunca usa no cotidiano) do You Tube - todo mundo que não viu (e que não viveu aqui, como eu), descobriu. "Aqui do lado, Pederneiras" foi a frase mais repetida no Rio Grande do Sul, em 2007. Um clássico do telejornalismo gaúcho.

2) de péssimo gosto, no mesmo vídeo, colocar lado a lado a Dona Armênia berrando "Eu quero essa prédio NA CHON!" e o World Trade Center desabando no 11 de setembro. Muito péssimo.

...

Eles são jovens, são ingleses e descabelados. A fórmula infalível do sucesso fácil no mundo pop. Mas eu gosto e não é pouco. Eles são os assanhadinhos do Razorlight. Eles tocam no meu radinho. Às vezes eles parecem The Clash, outras soam nem que o U2. Eu sigo dançando um cha-cha-cha e ouviria isso no repeat o dia todo, oh-oh-ohhh.

...

O que você digita no googlem mas não acha no monomultim:

- Indecente recatado.
- Segura o tchan!
- Sombra e água fresca.
- Jisus negão.

...

Hoje fazem 7 meses que eu sou uma ex-míope. Eu me dei conta que acabei não falando mais sobre a cirurgia, mas como eu já torrei a paciência de todo mundo com os papos neuras-cirugiãs (ó trocadalho, ó ó) abaixo, eu vou deixar pra falar do excimer laser em outra oportunidade, tsá? (Hoje eu e o 77 também completamos exatos 4 anos e 7 meses de amor puro. Bonitinho.)

# . por Joelma Terto .  0 Comentários