quarta-feira, novembro 28, 2007

Baila comigo, corazón

fauna doméstica nativa adestrada
Joelma usa: Banca de Camiseta, La Reina Madre e Alegra Studio
clique para ampliar


Eu ando numa fase bichos descontrol total. A Maria Paula até me citou lá no blog do Casa&Cia (programa que eu não perco às quartas à noite, na TV Com) no post "Etnia em alta" com aquela história esdrúxula da girafa ser a nova zebra e depois ainda me "culpou" no seu Banho de Loja. (Aliás, Maria, tu tava linda de onça-tomara-caia hoje na TV!). De fato, há bichos por todos os lados. Incluvise tenho uns planos decorativos para o Chamego Center trimassa que envolvem eles, claro. Mas ainda são planos e estão, literalmente, no papel. Dá coceirinha de falar, mas é melhor botar em prática primeiro, né?

Minhas apostas? Além da coruja, citada lá, tem o elefante, que aparece aqui nessa peça linda e novíssima, em feltro, da paulista Paola Abinko, que arrematei em Gramado esse mês. Dois bichos cheios de simbolismos.

E sabem essa iguana-pop-laranja-flúor que aparece nas fotos acima? São da coleção de cair pra trás "Acrilize seu verão", da Alegra Studio, de Santa Catarina. Eu cantei a pedra , agora canto aqui. A coleção é um arraso, tudo em acrílico (assim como a Liv, eu adoro esse material). Em Porto Alegre a Adri B. representa a grife com exclusividade. Eu, que não sou besta, garanti duas peças belas. Corram, que a Adri faz pedido novo sexta-feira! Pelo mail: adribaldino arroba terra ponto com ponto br

UPDATE: antes que alguém pergunte, eu não uso esse monte de bicho tudo junto reunido não. só fiz a sobreposiçã pra produçã, tá?

...

Essas pessoas estranhas e seus desejos estrambóticos.

- Fitness facial
- Moda descartável

...

Esqueçam o que falei no post abaixo sobre o fim do inferno astral. Ontem nasceu uma pereba muito feia e vermelha no meu nariz (o 77 me chama de Rudolf, a rena do nariz vermelho; na verdade ele me chama de Rodolfo, o que só piora minha auto-estima) e o note book novo foi pra assistência técnica por causa de um ínfimo, porém existente problema. Vou mandar benzer. O nariz e o note.

UPDATE 2: não, não é uma "colônia hippie de bolinhas d'água", como sugeriu o 77 nos comentários, o que eu tenho no nariz. É um(a?) "espetacular herpes simples", nas palavras da dermatologista, que receitou espetaculares enzimas para serem ingeridas durante 3 meses e um espetacular creme (de enzimas) para ser usado 20 vezes ao dia. Ela falou bem isso: 20 vezes. E ela é a pessoa mais séria que eu conheço. Não se preocupem, a fase do contágio já passou (e eu lembrei muito agora do Chico, o Buarque, todo-tudo, cantando "Já passou", bem naquela hora do "faz-me rir, rá-rá-rá, você saracoteando daqui pra acolá".). Ixtréssi e baixa imunidade, meu amigo, repeat after me: eu somatizo, tu somatizas, ele somatiza...

# . por Joelma Terto .  0 Comentários