quinta-feira, abril 26, 2007

No rancho fundo
Domingo eu viajo pra Ribeirão Preto, a trabalho, pra botar mais uma feira agro no meu currículo, volto dia 5 de maio. Conhecer a Pri Tescaro faz parte do roteiro. Mas antes de domingo tem tanta coisa, mas tanta coisa. Tem show do Odair José com o MV Bill hoje, juntos (!) e eu não perco por nada nesse mundo. Tem volta no médico uruguaio dos zoinho e mentalização forte e profunda para que o olho tenha, enfim, cicatrizado. Tem Dona Reina em PoA e eu me esbofeteando com a mulherada que nem em liquidação de panela de pressão das casas bahia. Tem declaração do imposto de renda para entregar. Tem aniversário de Lívia, a Leve e Doce. Tem matéria com deadline atrasado. Também tem roupa pra botar na máquina, mas que não vai secar mesmo porque o outono resolveu que é inverno e chove e faz um frio do cão em Porto Alegre. Tem que levar o micro pro conserto e não esquecer de avisar à Nilza, a faxineira, que tem que limpar bem a geladeira, que estourou uma champanhe e tá um cheirinho de matar.

Ufa.

Vida, vai comer aqui ou quer que embrulhe?

...

A mulé muderna e seus dilemas. No meio do furdunço, a inquietação existencial básica da pessoa, essa semana, era se ia no cabelereiro e ele fazia um estrago (porque eles nunca ouvem o que a pessoa quer e sempre fazem um estrago) ou se fazia o estrago em casa, sozinha e com suas próprias patinhas. O auge do fim da várzea foi quando a pessoa consultou o tarô online do Personare pra ver se tomava uma decisão. 77 dizia: veja bem, meu bem, é melhor tu ir no salão porque se der muito errado, pelo menos tu vai ter alguém a quem culpar que não seja você mesma. Mas, imbuída do espírito punk-do-it-myself, peguei a tesoura e zás.

Ficou bom.

Eu só dou orgulho a mim mesma.

...

Eu sei que vocês gostam, então lá vai.

Essas pessoas estranhas e as coisas esdrúxulas que procuram:
- Desculpe, mas eu não te alcanço.
- Rima rica.

Todos dizem eu te amo para JOELMA:
- Três-três-três-três-meia-meia-sem-sapato.(by Didi Mocó)
- O mundo aos pés de JOELMA.

Consutora de moda e estilo ao seu dispor:
- Moda indígena.
- Manolo Blanihks. Sempre.
- FLASHION!

# . por Joelma Terto .  0 Comentários