segunda-feira, novembro 06, 2006

inverno-astral
Esse mês que acabou de passar eu comprei três batons novos, um rímel e um duo de sombras ("duo de sombras" é a palavra composta mais linda da língua brasileira). Tudo certo, certo? Errado. Eu nunquinha na minha vida dei muita bola pr'esse negócio de maquilage. Na verdade minha maquiagem oficial sempre foi um um lápis de olho e um batonzinho cor-de-boca, tudo bem básico, bem low profile. Talvez isso seja só a face mais fútil dos pré-trinta. Talvez seja o início de um poço sem fundo. Próximo passo: anti-rugas.

...

Apocalipse. A primeira trombeta tocou naquele exato instante que eu preenchi o cheque e paguei minha primeira mensalidade na academia. A segunda tocará muito em breve, esse mês ainda, quando estiver colocando meu pé dentro de uma agência bancária pra fazer um plano de previdência privada. A terceira vai tocar quando eu voltar de viagem, procurar um médico-de-cabeça e decidir, de uma vez, fazer terapia.

...

Eu não disse que ia ser monotemática?

...

Alguém aí tem a Mulher de Trinta Anos do Balzac pra me emprestar? Tem?

...

Ok, vamos mudar de assunto. Mombojó é uma bandinha muito ducaralho. Tô pra te dizer que esses meninos fazem o som mais legal dos anos dois mil. Umas melodias afudêam com letrinhas bem perspicazes. E ainda o sotaque. No repeat, certo.

...

Parem tudo o que estão fazendo e vejam: a melhor busca de todos os tempos. Obrigada muito, Senhor Gúgol.

...

"já que eu não engulo pilulas / vou tomar vitamina c"
(mombojó em Novo Prazer)

# . por Joelma Terto .  0 Comentários