segunda-feira, novembro 13, 2006

de esperança e de ranho
Mulher de quase trinta, em pleno inferno astral e contando os dias pras mini-férias quando irá reencontrar as outras mulheres de sua vida - mãe, vó, tia e prima de 2 anos que nega sua existência. Pois a pissôa aqui decidiu que tinha que rever O Clube da Felicidade e da Sorte. E assim o fez. Minhas amigas, eu quase morri de tanto chorar. Nos primeiros cinco minutos de filme eu já estava muito aos prantos e o 77 acudia e dizia "ah, mas se eu soubesse que era pra chorar assim, eu não tinha deixado tu pegar isso".

Quase tive uma convulsão revendo aquela cena em que a Waverly diz pra mãe, num salão de beleza, que ela, a mãe, não sabe o poder que tem sobre ela, a filha. Uma palavra, um olhar a fazem se tranformar naquela menininha de 4 anos cheia de medo e insegurança.

(...)

Eu acho esse filme phoda, com ph maíusculo e doirado. Tão lindo e tão triste. É o tipo de filme que qualquer pissôa do sexo femino que tenha nascido de outra pissôa do sexo feminino e não de um ovo TEM que ver um dia. Tu fica pensando assim: os chineses são pissôas muito estranhas, mas mãe e filha sempre serão mãe e filha, em qualquer lugar do mundo. E como eu sou um tiquinho masoquista, quando terminei de rever o filme fui lá no Crônicas de Quase Amor da Fal, página 115, e reli as "Mães e filhas" da Fal.

De madrugada, eu ainda soluçava um pouquinho.

...

Monomulti fazendo escola. Vejam bem essa busca estranha que chegou no blog da Ana, a Roberta. Viram, né?

...

O domingão foi em casa. Eu me maquiei, me produzi, me vesti toda de rainha, com direito a coroa, cetro e até trono. 77 de câmera em punho. Tá pronta minha foto e meu texto pro Sensacional Concurso La Reina Madre. E vocês, já mandaram suas cartinhas pra Dona Dê? Eu tô entrando pra ganhar.

Depois de toda função, eu já à paisana, os dois na frente do seus respectivos computadores, se dá o diálogo:

77: "Você não vai ficar depressiva se a gente não ganhar, né?"
Joe: "Como assim, 'a gente'?"

Ele sabe o quanto eu sou uma mulher vulnerável. E agora acha mesmo que somos uma equipe. Ok. Se eu ganhar, divido a jóia da coroa e os louros da fama contigo, Duplo Sete.

...

"Enquanto fazia tudo isso, pensei que realmente, o que sinto falta, é de ser filha de alguém" (Fabia Vitiello, em Crônicas de Quase Amor)

...

Trilha sonora do dia: Benito, o Di Paula, mui mestre:
"Ê criança presa ê, brinquedos de trapaças
Quase sem história pra contar
Você criança tão liberta me tire dessa peça,
E assim ter história pra contar..."
(amigo do sol, amigo da lua)

# . por Joelma Terto .  0 Comentários