quinta-feira, setembro 28, 2006

jobs da jo
- Da série "Você sabe que está ficando velha quando": não sabe, exatamente, identificar um EMO. Aliás, você ainda não conseguiu entender direito o que ser um emo, o conceito.

- Busquinhas: Dita, acho que essa aqui é pra você.

- Um certo moço do café, vocês não conhecem não, andou dizendo por aí que euzinha da silva sou - abre aspas - um anjo de asas de papelão. Quase chorei, em pleno expediente.

- Entrei na cadimia, mas acho que eu precisava mesmo era de um psicoterapeuta. Talvez seja a hora de abrir umas gavetas, sabem? Sabe quando uma ficha qualquer cai e a pessoa se dá conta imediatamente? É um momento lindo, vos digo. Agora mesmo. Minha sala é muito iluminada e bate sol à tarde. Por isso sempre fecho a persiana e vou controlando o sol, de modo a deixar sempre a sala clara. Num determinado momento do início do fim da tarde, eu sempre, sempre, sempre, acendo a luz, já que a natural deixa de ser suficiente. Sou (ou era) cri-cri nisso. A única na sala, que divido com mais duas pessoas, que fazia isso, com estardalhaço, inclusive. Pois fazem umas duas semanas que eu só acendo a luz quando já não dá pra enxergar quase nada. Agora há pouquinho a minha chefe entrou na sala e acendeu a luz. Os olhinhos chegaram a doer. Brinquei que ando soturna ultimamente, ao que ela imediatamente disse que já tinha percebido. A fichinha fez plim! Aqui dentro? Tá chovendo.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários