quarta-feira, agosto 16, 2006

reprises


auto-retrato retardatário. para Caléssico


Eu não sei se vocês notaram, mas eu tô meio out of space esses dias. Sim, aquele velho papo lerê-lerê de quem anda atolada em trabalho, cheia de atividades e sem tempo pra cousa alguma, muito menos pra pensar em escrever em blog. Pior: duas semanas seguidas sem self portrait tusday, com o agravante que eu tinha prometivo um auto-retrato com o Paulinho. Me redimo semana que vem, tá?

Então, em tempos de vacas pro brejo, eu tive uma idéia genial: esse post terá só assuntos recorrentes, com a maior cara de déjà vu. Porque reciclar é preciso.

Assunto recorrente número 1:
Sabem o concurso público aquele que a moça aqui vai fazer? É domingo. Ou seja: essa é a última semana de aula e semana que vem eu já vou estar um pouquinho mais folgada e até poder ver a novela das oito. É.

Assunto recorrente número 2:
Hoje eu fui numa massagista ma-ra-vi-lho-sa. Mas nem era disso que eu queria falar. Eu queria só dizer que eu descobri lá na massagista que, além de corrente russa, tem um tratamento de beleza (sic!) chamado - tchanan! - espartilho de gesso. Sim, sim, medo é uma coisa que a pessoa tem que ter numa hora dessas.

Assunto recorrente número 3:
Sabem essa onda de moda retrô? Pois hoje eu tava pensando... Tudo o que é ruim pode ficar ainda pior, certo? Depois da volta dos mullets e da saia balonê, já pensaram se inventam trazer de volta as barras de calça desfiada? Já pensaram? Mas pensaram bem? Definitivamente: barra de calça desfiada, não.

Assunto recorrente número 4:
Alguém lembra das vitaminas que eu pedi pra homeopata? Aquelas, pra previnir esquecimento? Tenho esquecido, todo santo dia, de tomá-las. Verdade pura.

Assunto recorrente número 5:
As buscas, aquelas. Só as mais mais sem noção da semana.

- Cortou é? Meus parabéns!

- Como o ser humano pode ser tosco, parte I.

- Como o ser humano pode tosco, parte II.

- Como o ser humano pode tosco, parte III.

- O que será que procura essa criatura?

- Animal.

- MEO DEOS!!!

Assunto recorrente número 6:
"oh, sim, eu estou tão cansado", mas eu volto, "um dia eu volto, quem sabe..."

# . por Joelma Terto .  0 Comentários