segunda-feira, maio 15, 2006

segunda

Depois do surto da quinta-feira eu tenho pra confessar pra vocês que tive um sábado ótimo. Dona de casa sem culpa, sabem? Acordei cedo, liguei o rádio na Continental, botei roupa pra lavar na Jurema, fiz lentilha pro almoço do marido e gelatina pra sobremesa, arrumei o guarda-roupa, joguei fora um monte de papel. Me senti a própria dona Nenê, da grande família. As unhas continuam podres, mas, vejam bem, finalmente juntei todos os meus postaizinhos promocionais (sabem, aqueles cartões, tipo postal? enfim) e fiquei o resto do dia fazendo da porta do nosso quarto-ninho um belo mural. Fotos em breve. E ainda recebemos visitas ótimas - você não vai aos amigos, mas eles, de fé, vêm até você. Uma das visitas ainda rendeu um telefonema para a CRAW (nunca te vi, sempre te adoramos) e um post doente. E teve uma ida básica à Azul Cobalto, a loja-fetiche. Mas não se enganem: segurei no osso e não comprei nadica. Meu nome é Joelma T. e eu sou uma ex-gastadora em recuperação.

Sim, este ainda é um daqueles posts burocráticos. Mas amanhã já está previsto aquele self portrait tuesday.

...

Em tempo: nasceu Bárbara, a mais nova sobrinha da família. Já estamos, tio Seven e eu, doidinhos pra ver a pequerrucha. Meus três amores com "b": Bibia, Bárbara e a Balentina (sim, a última é pura licença poética).

# . por Joelma Terto .  0 Comentários