quarta-feira, março 01, 2006

Folia de MoNo

Foto de 77 de Arrabéus que, finalmente, atualizou seu Flickr


Cheia de trouxa de roupa xuja lá no selviço. Voltamos para o escritório, depois de quatro dias de feriado & folia, e descobrimos que um raio (que o parta) atingiu o servidor, queimando fonte e placa de rede. Resultado: um dia (in)útil inteirinho sem rede e sem internet. E mais roupa suja entrando e eu quase tendo um treco. Reaprendi a usar o telefone, sabem? E na hora do cafezinho, uma das chefes contava sobre o dia exato em que chegou pra trabalhar, há anos-luz atrás, num dos principais jornais do RS, e tinham trocado TODAS as máquinas elétricas Olivetti por microcomputadores. Velhos tempos onde tudo, parece, era mais fácil.

Dias assim eu lembro muito de uma história real que virou anedota aqui em casa. Foi no reveillon de 2004 lá na Praia da Ribanceira, em Santa Catarina. Èramos os únicos, os quatro, naquele restaurante bicuíra quando entram outros cliente que ocupam mais uma única mesa. O garçom se vira, olha pro horizonte, bota a mão na cintura com ar de preocupado e solta: "É, hoje não está fácil".

Pois foi bem assim que eu me senti no fim desse dia. Hoje, definitivamente, não foi fácil.


# . por Joelma Terto .  0 Comentários