domingo, março 26, 2006

é demais


plagiando a Ticcia, a Rua da República - nosso lugarzinho no mundo - fotografada hoje pela manhã por jojo


um pouquinho mais da República


Redenção, ontem à tarde


O povo contra o Brique da Redenção, hoje pela manhã


Hoje é aniversário de Porto Alegre, cidade que eu amo demais. Pois até acordamos cedo (coisa raríssima num domingo), tomamos café e fomos pra Redenção às 11 horas ver o desfile de carros antigos e a primeira-dama Isabelita dos Patins Fogaça em carro antigo aberto acenando para o povo - blérg!

Ontem à noite a Redenção foi palco do tradicional Baile da Cidade, que acontece há 17 anos no parque. Sempre com animação do grupo musical Caravelle, que deve ser algo. Nunca fui. Li no Correio do Povo que esse ano a queima de fogos teria seu tempo reduzido de 15 para 8 minutos. Chinelagem. A grande novidade é que a função toda seria visual, sem poder de explosão. Isso eu achei o máximo porque apesar de ser doida por uma pirotecnia, não suporto o barulho. No jornal dizia que a mudança era em função do bem estar da comunidade e dos animais do mini-zôo. Sete Sete retrucou que se eles estivem mesmo preocupados com os animais do mini-zôo, os bichinhos não estariam ali. Eu já estava na cama (pra acordar cedo hoje) quando começou o pipôco. Me senti muito enganada.

Enquanto isso, o prefeito-cantor quer transformar o Largo Glênio Peres, no Centro de Porto Alegre, em estacionamento. Na mesma edição do Correio do Povo o presidente do Sindilojas diz que o largo, se não transformado em estacionamento, será "cada vez mais ocupado por pessoas indesejáveis e que atentam à segurança dos cidadãos". Quando li não sabia se chorava ou se dava risada porque isso tudo só pode ser piada. Só pode.

Happy birthday, dear PoA. I love you, mesmo assim.

...

* Atualizando: mais algumas fotinhas da nossa casa no Chamego Center.

* Os argentinos são foda. Sabem esse filme Família Rodante? É lindíssimo. Vão ver, vão.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários