terça-feira, fevereiro 21, 2006

em chamas

Da série "Os interiores e seus monumentos bizarros". Depois de procurar muito no google, já que a pessoa não trouxe o Royzinho na viagem, consegui achar essa foto no fotolog desse moço.


A vida toda foi assim: quando ficavam sabendo meu nome, muitas pessoas, a maioria mais velha, já respondia "ah! Joelma, do prédio que pegou fogo, né?". Eu já tinha sim me acostumado com isso. Agora a coisa começa a mudar de figura.

Ontem, no estande, veio a mocinha recepcionista falar comigo. Menina bonita do interior, sabem, menos de 17 anos e que fala com os errrrres aperrrrrrtados. Quando disse meu nome, a criatura fez um gesto, tipo bater na testa: "CLAAAAAAARO! Joelma, da banda CALIPSO!". Por deus do céu! Agora me digam: eu não mereço. Mereço?

Tou de volta minha gente. Tou de volta.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários