segunda-feira, novembro 21, 2005

domésticas, drops







* Mamãe andou fazendo arte: foi pegar um livro na estande, perdeu o equilíbrio, caiu e fraturou o punho/pulso. Resultado: está com o braço esquerdo todinho engessado, pobrezita. Sim, mamá ainda está por aqui. Deve voltar no comecinho de dezembro. Em tempo: descobri que ela é fã da Rosaura Fraga (oh no duplo!).

* Chegou Jurema, nossa super nova máquina de lavar roupas. Ela é assim, uma autêntica brastemp - oferecimento dos melhores e mais amados tios do mundo, que ficaram penalizados com nossa saga semanal de ir até o Lav&Lev. Nunca mais andar pelas ruas da Cidade Baixa com um saco de cuecas e calcinhas xujas debaixo do braço. Nunca mais.

* Sábado à noite aconteceu uma tragédia firpiana lá em casa. Com a chegada do calor, elas, as baratas resolvem aparecer. Aos montes. Numa operação de guerra (e gritos histéricos de moizinha) matamos (quer dizer, o 77 matou a golpes de Rodozx) nada menos que 15 gosmentinhas no pátio. Não esse que está sendo pintado, o outro, da cozinha. Pensei em juntar os 15 corpinhos, tirar uma foto e mandar pro Firpo, numa espécie de solidariedade macabra. Deixei pra fazê-lo no dia seguinte. Eis que no dia seguinte não tinha um só cadáver! Os passarinhos comeram, me explicou o Seven. Juro que fiquei chocada. E me sentindo um pouco culpada pelos bichos.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários