segunda-feira, agosto 22, 2005

um cannonball no centro quente e do firey de seu trepidation ardente

Eu tenho uma coisa pra dizer pra vocês: eu não quero mais brincar de ser gente grande. Esse blog não notou que uma semana inteira passou e ele não foi atualizado. E não foi por falta de assunto: só as viagens de táxi que eu fiz, com os taxistas mais bizarros de toda a vida, já dariam ótimos posts. Mas não deu. Não deu nem pra dormir essa semana. Nem pra comer. Eu, que sou uma pessoa que às 17h já estou com fome, esqueci, vejam bem, ESQUECI de jantar dois dias consecutivos.

Recapitulando: eu trabalhei bastante, depois fiz uma cirurgia, tirei uma semana de licença sem fazer nada em casa, depois voltei ao trabalho. Tudo normal, se eu não tivesse voltado na pior semana de todos os tempos ever da firma - que foi a semana passada. E hoje, segunda, eu já estou exausta, acabada, destruída e querendo chorar. Como tudo o que é ruim pode piorar, no fim da semana eu me mudo de mala e cuia pro Parque de Exposições Assis Brasil. Atolando, como alguns mais astutos podem perceber, os dois pés na bosta de vaca. Literalmente.

Dureza esses dias que vêm por aí. Mas tentarei manter esse blog vivo. Aliás, tentarei me manter viva. Ou, pelo menos, lúcida. E um pouquinho menos dramática. Tentarei.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários