terça-feira, maio 24, 2005

Cidade Baixa, mon amour

"O bairro Cidade Baixa acaba de ganhar um portal na internet. Desenvolvido nos últimos três meses, o Giro Cidade Baixa é um site com informações sobre o bairro da zona central de Porto Alegre. O portal segue a mesma linha do Movida Barcelona e não pretende ser uma coluna social na web. Nele, são abordados assuntos de interesse para freqüentadores e moradores da região" (via Coletiva.Net)



Interessante. E, sim, parece mesmo um site honesto. Vou acompanhar pra ver qual é, sugerir coisas e reclamar do que anda mal no bairro. Quem sabe até começo a botar em prática a idéia de criar a Associação de Moradores Velhinhos da Cidade Baixa, cuja presidente serei eu mess. Daquelas que liga pra EPTC quando vê um carro estacionado na ciclofaixa aos domingos. É. Tudo porque amo demais esse pedaço de mundo na Estância de São Pedro. Também começo achar que é verdade que o paralelo 30 passa exatamente na esquina da República com a Lima e Silva. É.

...................

Sem querer ser bairrista, beeeeeeeem capaaaaaaz, digo que a Cidade Baixa não é apenas mais um destes bairros. Algumas partes não relatam a complexidade do todo. São as mono-partes. Os bairros residenciais, exclusivamente. Ou comerciais, exclusivamente. Ou caros, exclusivamente. Ou pobres, exclusivamente. Nada mais inclusivo do que a Cidade Baixa, com seu caráter complexo e contráditório, como diria um arquiteto bem famoso, de algumas décadas atrás. trecho do artigo O lado A da Cidade B, por Marta Peixoto, arquiteta

# . por Joelma Terto .  0 Comentários