sexta-feira, maio 27, 2005

APAIXONADO & VIOLENTO

A alegria de uma tarde de sol no trabalho ouvindo Belchior é o tipo de coisa que não se traduz. Foi na quinta-feira da semana passada, quando fez um SOLzão entre dias de chuva (e era dia de show da SOL também) e no meio de toda aquela claridade consegui baixar no Kazaa nada menos que três música do MESTRE absoluto da música brasileira. Como se não bastasse, achei também o rádio do UOL e lembrei da existência do rádio Terra, que esqueço de acessar porque dá paus no computador. Enfim. Eu fiquei toda besta no escritório, trabalhando e cantando e seguindo a canção e ouvindo tudo o que podia e delirando com as minhas preferidas ever. E dizendo ainda pra Driquinha o quanto eu amo muito as músicas desse cara e o quanto eu já curti (e curto), em várias fases da minha vida, o som dele.

Pois no dia seguinte, eis que descubro, totalmente por acaso, que ele vem fazer show em Porto Alegre no próximo domingo, dia 29, no átrio do Santander Cultural. E pela bagatela de 10 pila (não o preço exorbitante que foi o último show, há uns dois anos atrás no sempre carésimo Teatro do Sesi), IREI. Mas certo!

Eu me coloquei a pensar o que me faz gostar tanto desse cara, que eu conheci quando já estava na faculdade, há exatos 10 anos atrás. É óbvio que não tem uma resposta objetiva, até porque todo gostar é subjetivo, mas se tem uma coisa que me apaixona é letra de música. E Belchior é poesia pura. E basta entrar nesse site aqui e ler as letras com atenção, sem melodia nem nada, e tu já tem idéia porque pra mim ele é mestre absoluto mesmo. E quando tu junta essas letras, que chegam a ser piegas de tão maravilhosas e sinceras e cheias de romantismo (e leia-se romantismo mesmo quando o tema é mais social), com uma melodia que é algo de tão out of qualquer coisa, não tem como não se apaixonar. Não tinha como não. Não eu. Porque eu sou assim. "Eu sou como você".
...............

Até ontem eu não tinha idéia de como seria o show. Eis que a Zero Hora me salva hoje:

Belchior no Átrio
O cantor cearense Belchior é a atração do projeto Ensaio Aberto - Domingo no Átrio, com show neste domingo, às 17h, no Santander Cultural (Sete de Setembro, 1.028). O intérprete de hits como Velha roupa colorida e Como nossos pais vai definir o roteiro no palco, a partir de uma conversa com o violonista convidado, Diego Figueiredo, e da participação do público. Além de cantar, Belchior também vai explicar sua trajetória e comentar as canções escolhidas.

Hummm. Acho que vai ser bala! E eu vou torcer (ou sugerir) que ele cante minha mais que preferida Coração Selvagem. E Velha Roupa Colorida e Fotografia 3x4 e Pequeno Mapa do Tempo e Divina Comédia Humana e Comentário a Respeito de John...

Então era wilson. Domingo, no Átrio. E, ah!, até agora já consegui baixar mais seis!
...............

NÃO TENHO SIDO, EU SOU, NÃO SEREI, NEM FUI
A MENTE QUER SER, MAS QUERENDO ERRA
POIS SÓ SEM DESEJOS É QUE SE VIVE O AGORA
VÊDE O PÉ DO YPÊ APENASMENTE FLORA

Belchior, em Ypê

# . por Joelma Terto .  0 Comentários