segunda-feira, março 14, 2005

plim

Depois de ver o final de Senhora do Destino, tomei uma decisão: América NÃO! Definitivamente, eu desisto da teledramaturgia brasileira. Aqueles dois últimos capítulos foram absolutamente desnecessários. O que foi aquela perseguição improvável a um assaltante de rua que envolveu até a polícia federal de lancha? E a Nazaré que, foragida da polícia, conseguiu chegar em Nossa-Senhora-do-Passa-Quatro-do-Sertão antes de todo o resto do elenco - que foi de jatinho fretado - e ficou esperando todo mundo no banheiro do aeroporto? Hãm, hãm??? Me poupem. Ainda tive que agüentar a cena RIDÍCOLA de Maria do Carmo casando vestida de noiva (!) com o bicheiro. Ainda bem que tiveram o bom senso de deixar o dito charmosão-intelectual do Zé Mayer terminar a novela com a Guilhermina-Gabi-Gabriela, muito mais chique, elegante e inteligente. Anfã.

O pior é ter que ver e ouvir o namorido tirando um baita sarro da tua cara por você ser idiota o suficiente pra acompanhar esse tipo de palhaçada na TV. Ókei, beibi. Depois de assistir a Mulheres Apaixonadas, Celebridade e agora a última do Aguinaldo Silva, eu desisto mesmo. A menos que o Manoel Carlos escreva a próxima das oito.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários