sexta-feira, janeiro 28, 2005

Fauna Social Mundial

Meio FSM, meio BBB, minha casa virou uma espécie de acampamento social mundial. Brasileiro, pois. Internacionais são os acampados do vizinho. Lá em casa, só uns sotaques diversos e aconchegantemente deliciosos.

Primeiro chegou Manhana, baiana porreta que faz Relações Internacionais e esteve acampada na Marcílio Dias no último Fórum. Amiga de uma amiga de uma conhecida. Virou amiga. E dessa vez trouxe Diego, que chegou depois. Os soteropolitanos armaram a barraca, literalmente, no pátio, realizando, assim, meu sonho de ver o Acampamento Social da República oficialmente fundado. Coisa linda. Fotas em breve.

O terceiro acampado é Sivaldo. Sivas, Shiva, Silenaldo dos Cachinhos. Meu grande companheiro de viagens, amigo incondicional, uma das pessoas mais importantes que conheci na Faculdade, que dividiu comigo vários anos de farrra e um ano de pesquisa e que, involuntariamente, também é responsável pela minha vinda pro Rio Grande do Sul. Siva é praticamente um irmão bastardo. Alagoano, mora hoje em Salvador, onde terminou o mestrado e parte prum Doutorado arretado em Tecnologia da Comunicação.

De São Paulo, chegaram Gabi e Thalita - umas bebês fofas que a tia Jo ama. Conheci Gabi em Maceió quando ela morou uns anos por lá. Depois voltou pro interior de São Paulo e hoje cursa Geografia numa cidade impronunciável do Mato Grosso do Sul. Há seis anos não via a Gabi, que me chama de Filéu e tem um carinho por mim tão grande quanto o que tenho por ela. Não preciso dizer a felicidade que é ter essa "galega" aqui em casa.

Thalita é amiga de Gabi e também esteve acampada lá em casa no ultimo Fórum. Foi amizade à primeira vista, praticamente. A pequena-grande garota quase veio de mala e cuia pra cá, mas acabou mesmo indo pra Niterói, onde faz Serviço Social.

Gugussauro e Nemo estão adorando a bagunça. O 77 também. Ontem, enquanto eu, a Erica e o VG tentávamos mudar o mundo enquanto comíamos um xis coração na Lancheria, ele estava em casa, fazendo sala pros hóspedes, que bebiam vinho e conversavam sobre, ãhn, tudo? Até sobre os cheiros e sabores que te trazem de volta à infância...

Coisa linda que tá lá em casa.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários