segunda-feira, dezembro 06, 2004

Ye-yá

Só pra dizer que a festa foi ótima, que todos se divertiram e que eu passo bem. Houve vasta distribuição e pagação de vales, balão surpresa, pogo, cachaça do bar do Adriano, essas coisas tradicionais de uma festa de aniversário das sagitarianas. Esse ano ninguém foi parar no HPS, é bom lembrar. E sim, o Camilo estava lá, pra caso qualquer coisa. Agradeço a todos que foram e curtiram. Em breve coloco umas fotinhas aqui.

Algumas pessoas merecem menção honrosa, por feitos honrados, pois:

A Laurinha, que a única pessoa em PoA que tem culhões pra usar shortinho com salto alto à noite. "Porque ta calor e é moda".

O Gabriel e o Lucas, que não sei por que cargas d?água, baixou o espírito lúdico-cobrequeano e eles passaram boa parte da noite pulando e cantando musicas outras que não as que o dj tocava.

A Grazih, que foi lá especialmente por minha causa e que conseguiu falar comigo nos últimos minutos antes que o 77 me rebocasse Garagem afora, passando muito mal. Obrigada mesmo, querida.

O 77, que ganhou um VALE-NADA.

O Vegê, que se acabou no pogo quando o Pingüim tocou Nirvana. Dizem. Porque ver, eu não vi. Aliás, eu não lembro de ter visto muita coisa. Ou não.

Lembro da hora do balão surpresa, quando eu fui pro centro da pista com dois copos plásticos na mão. Um cheio de cerveja e outro vazio, pra colocar os brindes. É claro que eu joguei tudo no copo cheio. Lembro vagamente de distribuir, depois, umas balas molhadas, uma língua de sogra enxarcada e um pacotinho de sal de frutas Eno, num estadinho líquido. É.

Lembro que achei que não ia voltar mais quando o Pingüim tocou Lugar do Caralho na sua versão Petiscos Sabor Churrasco...

Ok.

Foi trimassa. Mesmo.

Um beijo pra Mi, pra Camon e pra Megara, as mais mega-fofas sagitarianas do mundo. E pro Marcelo, que dividiu com a gente esse momentinho ternura do ano.

Em 2005 tem mais.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários