quinta-feira, dezembro 23, 2004

nem todo veludo é azul

dedução de fim de ano:

ODEIO GENTE SEM CRITÉRIO


...


Depois de uma tarde maravilhosa com a minha homeopata, decidi ser mais tolerante nesse fim de ano. Talvez eu consiga.

Agora dá licença, que eu vou ali perder mais um pouquinha da minha fé na humanidade e já volto.

# . por Joelma Terto .  0 Comentários