terça-feira, junho 15, 2004

queridas ermãs,
queridas ermãs,

nada é tão por acaso assim, nessa vida. mas, às vezes, eu temo. vocês outras não?

# . por Joelma Terto .  0 Comentários