segunda-feira, agosto 11, 2003

aviso aos navegantes

Hoje começo novo trabalho. To bem contente pela conquista. Quem me acompanhou nos últimos meses sabe. Ao contrário da maioria das pessoas que conheço, trabalho não é um fardo: é um mal necessário, que paga minhas contas no fim do mês e me possibilita viver a minha tal liberdade. Jornalismo é uma profissãozinha do cão, bem sei. É difícil sobreviver como tal, ainda mais aqui no RS, onde o piso salarial é vergonhoso (um dos mais baixos do país). Mas acho que se pudesse voltar atrás, faria tudo de novo. Vai entender. Curto a profissão que escolhi e prego a satisfação em tudo o que se faça. Por isso tento, em qualquer situação, fazer o meu trabalho com certo prazer. Botar tesão no que se está fazendo. Porque, ao contrário, se tu não curte o que faz ou faz o que não curte, o principal prejudicado é tu mesmo e daí, meu irmãozinho, fodeu geral. Tal qual mal-amado, tu vira uma pessoa insatisfeita, rancorosa e de mal com a vida. E isso, obviamente, é ruim.

Enfim, mas o post é pra dar a notícia e dizer que estou realmente muito muito contente com tudo, com o momento que estou vivendo, com os novos trabalhos (sim, no plural), com o amor tranqüilo... As últimas semanas foram de correria, muito trabalho e cansaço. Nova dinâmica meio difícil de se acostumar. Por isso, e de modos que, devo ficar meio “ausente”. Mas to sempre por aqui. Precisando, é só dar um grito. : )


# . por Joelma Terto .  0 Comentários