sexta-feira, junho 27, 2003

SANGRA!

VENTURA: (último pirateamento no ex-gravador de cd) no repeat in-fi-ni-ta-men-te*.

Putz, que cd bom pracaralhos. Parece óbvio, e é, mas o que faz alguém gostar de determinado som ou banda é o conjunto melodia+letra. E nesse caso, eu diria só: just perfect. E é isso que me atrái neles: letras lindas; melodias marcantes, tocantes, singelas; ótimos arranjos de metais; o leve tom melancólico que permeia todo o disco.

Ok, não me gusta muito as dores de corno do Marcelo Camelo, mas o cara acertou em "ALÈM DO QUE SE VÊ", minha preferida, quase empatando com "ÚLTIMO ROMANCE" e "DEIXA O VERÃO", do Rodrigo Amarante, óvbio, porque esse cara sabe! Aliás, essas duas útlimas são preferidas justamente por definir tão perfeitinho meu atual estado emocional. (ai, ai...)

Uma constatação: "A OUTRA" e o "O PAR", ouvidas pela primeira vez, me remeteram, imediatamente ao CHICO. Daí que, na mesma tarde, a Rafa veio me dizer que havia descoberto que "O bloco do eu sozinho" é título de uma música do Chico. Tudo faz sentido...

...

"Enquanto eu penso você sugeriu
um bom motivo pra tudo atrasar
E ainda é cedo pra lá,
chegando às seis tá bom demais!
Deixa o verão pra mais tarde...
(...)
Enquanto eu fujo você inventou
qualquer desculpa pra gente ficar
E assim a gente não sai
E esse sofá tá bom demais!
Deixa o verão pra mais tarde..."
(Deixa o Verão, Rodrigo Amarante)


*sem risco de enjoar

# . por Joelma Terto .  0 Comentários