terça-feira, maio 27, 2003

Eu iria para a guerra com você!*

- Ainda bem que não te detonaram no fim da festa.
- Como assim, me detonaram?
- Sim, tu é mulher-bomba, lembra?

D'Ele, que é deveras divertido e me faz rir aos montes, citando o pino do meu casaco, que mais parece um detonador de granada...

"Té terrrça", então.

.....

* título roubado de um post do RODS. Eis o trecho:

"Tem filme de guerra chamado ¿Sargento York¿, que tem um comandante, que não sabe ser gentil, e o único elogio que ele é capaz de fazer a alguém, é: ¿Eu iria para a guerra com você!¿. Nessa frase, ele queria dizer que, além de sentir orgulho daquele soldado, ele tinha confiança! Ele entregaria sua vida ao acaso, porque tinha certeza que aquela pessoa estaria sempre pronta para atacar ou defender, de forma excelente."


# . por Joelma Terto .  0 Comentários