segunda-feira, abril 28, 2003

sibalena

Eu tava lembrando de uns amigos da minha tia, de Palmeira, que eram uns doidos muito massa. Sabe aquelas pessoas super inteligentes com um senso de humor tri refinado? Eram eles. Divertidíssimos. Eles viviam aprontando coisas legais. Teve uma época que eles gravaram uma fita com muitas músicas deles (engraçadas) e umas versões (não menos). Tava aqui lembrando das tais músicas. Uma das melhores, não lembro o título, mas era assim:

“Sou doidjo por essa mulé. Arriado os quatro pneu (e o estepe!). Mas por causa do meu chulé, ela não quer mais eu.(refrão) Mulé, mulé, eu te amo e você não me quer. Mulé, mulé, só por causa do meu chulé.”

Tinha outra muito boa, que era uma paródia de Pais e Filhos do Legião. O tema não podia ser melhor: Palmeira dos Ìndios, a cidade. Era muito engraçado, mas não lembro a letra toda, só algumas partes.

O começo era assim:

original: “estátuas e cofres e paredes pintadas ninguém sabe o que aconteceu...”
versão: “A estátua do cristo e da índia pelada lá lá lá (esqueci a letra)”

original: “Sou uma gota d’água, sou um grão de areia”
versão: “Vou pro Gota D’água, eu sou de Palmeira-á”

original: “São crianças como você, o que você vai ser quando você crescer?”
versão: “lá lá lá (esqueci) vou pro Aero Clube, para a matinê”

(de chorar)

Tinha também uma versão de Patience, do Guns, chamada Peixes. Era uma música zodiacal, o cara falava das agruras dele com as piscianas. Também não lembro, mas o refrão era mais ou menos assim:

“me dou com qualquer um menos com peixes, yeahm-yeahm, menos com peixes” (me identifico HORRORES. tá, menos joelma, menos.)

E tinha a clássica absoluta: “Sibalena”

“Eu queria que você me quisesse. Porque eu te quero mutcho mutcho” (e eu esqueci de novo o resto da letra impagável, mas o cara falava que quando pensava nela tinha que tomar uma sibalena e pá. Trash.)

Nessa mesma época eles também gravaram uma radionovela, de chorar de engraçada. Uma coisa tipo novela mexicana, na época que novela mexicana não era moda nem passava no sbt. Pena que não lembro os detalhes. Figuras.


# . por Joelma Terto .  0 Comentários