sábado, abril 19, 2003

5 balada para giorgio armani
(zeca baleiro)

giorgio eu tive um sonho risonho e terno
sonhei que eu era um anjo elegante no inferno
giorgio eu sinto medo da longa estrada
o medo é a moda desta triste temporada
giorgio tá tudo assim nem sei tá tão estranho
a cor dessa estação é cinza como o céu de estanho

quando um dia enfim findar
este outono eterno
quero que você me aqueça com a sua coleção de inverno
giorgio pobre de quem não tem
será que eu estou bem
na capa da revista


outono inferno
.....
a verdade mesmo é que, tal marcelo jah, eu tive um sonho cinzamarelo e não queria acordar... o dia foi cinza, mas estou celestialmente azul. invento coisas a fazer, me descubro, sozinha. e, enquanto arrumo a casa e os pensamentos, fico ouvindo uma rádio chinelona (GuaíbaFM, achada meio por acaso, no dial) e me divertindo horrores com umas orquestras à la ray connif e pianinhos richard claydermman. penso no quanto sou boba e no quanto é muito legal ser assim, tão boba. porque, parece, que posso ser feliz com pequeninas coisas. e é isso mesmo, eu sempre cito RR: “são as pequenas coisas que valem mais”. Aguardo um dia perfeito.


# . por Joelma Terto .  0 Comentários