sexta-feira, janeiro 03, 2003

..................................................

ARAMBARÉ – TERRA DAS DELÍCIAS.

..................................................



LENDAS DE ARAMBARÉ

Reza a lenda que viveu em Arambaré uma índia (provavelmente da tribo dos Arachanes) chamada “Justa”. Ela vivia livremente pela cidade, pelada e feliz. Ela dava pra todo mundo (comia, mas estou só contando o que me disseram) e seus filhos eram de pais diferentes. Enfim. Lincharam Justa até a morte e na hora de morrer ela jogou uma maldição na cidade: que nada que fosse feito em Arambaré daria jamais certo.

A FIGUEIRA DA PAZ

Não sei se Justa morreu em frente a ou foi enterrada embaixo de. O fato é que existe na cidade uma grande figueira, tombada pelo patrimônio como a maior do Brasil. Eu acho. Dizem que cabem até mais de 50 carros em baixo de sua sombra. Diziam, até então que ela não conseguiria ser abraçada por menos de 20 homens. Mas nós abraçamos. E éramos só umas 16 ou 17 pessoas. Muito louco.

Por causa de Justa, a figueira hoje é conhecida como o título desse sub post. Esperamos ter quebrado a maldição. Esperamos um ano de paz. Esperamos tanta coisas. Esperamos um ano de justiça e compreensão.


# . por Joelma Terto .  0 Comentários