segunda-feira, dezembro 09, 2002

Às vezes é bom dormir. Outras, é preciso.

“Pra entender basta uma noite de insônia, uma noite que não tem fim.” (HG)

Eu tenho medos. Dessa insônia, por exemplo, eu tenho medo.

“Antes eu sonhava, agora já não durmo” (RR)


# . por Joelma Terto .  0 Comentários