quinta-feira, dezembro 05, 2002

“Oh, meu bem amado...”

Eu parecia uma pateta, com um guarda-chuva na mão e água pelas canelas, no meio da rua, quando a Ladie me ligou dizendo que não ia puder ir ao cinema. Fui assim mesmo. Fiquei irada por pagar R$5 numa quarta-feira naquela sala suja e desconfortável do Rua da Praia Shopping. Mas valeu a pena.

Hable con Ella, do Almodóvar, é muito belo. Não vou falar muito, porque tudo já foi dito por críticos sensíveis. Pra mim, o filme é acima de tudo, sobre outros sentimentos sublimes, como a amizade e a solidariedade, além do amor. Vou dizer que meus olhos enchiam d´água, cada vez que eu via aquele personagem, Marco, chorando. Homem chorando é foda. Não tem como não ver e não ficar emocionada.


# . por Joelma Terto .  0 Comentários