segunda-feira, dezembro 16, 2002

“É lógico que eu amo muitas pessoas também, mas, paixão é por uma só...” (Juli Manzi)

O que falar do Sarau de Um Real? Muitas coisas. Eu só tenho a agradecer ao Projeto Vão por proporcionar uma noite tão mágica a todos nós, pra fechar o ano de forma tão linda.

Eu queria dizer tanta, mas tanta coisa, mas acho que por mais que eu tentasse, ainda ficaria alguma coisa faltando. Tantos momentos lindos naquela noite.

Então vou dizer que cheguei ali pelas 23h (tava marcado pras 20h). Os desenhos e instalações lindos da Nina Menina, a apresentação do Vão, os muitos tocadores, a música, o clown muito engraçado demais pracaralhos, o malabares das luzes coloridas, a projeção do filme do Juba no prédio vizinho...

E as pessoas todas, pessoas mais que queridas, mais que especiais. No words.

O lugar era tudo. Imaginem uma creche fofa chamada Garoto Sapeca. Um pátio acolhedor, com cadeirinhas de criança, com nome ainda por cima! Pedro, Nicole... paredes coloridas com desenhos infantis... Não teve uma só pessoa naquela noite que não se sentiu uma criança. Foi a noite mais lúdica do ano, sem exagero. A galera simplesmente vestiu a fantasia e foi feliz. Energia total.

Muito massa a noite. E ainda fechou da melhor forma, com a Letícia tocando três músicas lindas dela. Me emocionei, de encher os zoinho d’água e pedir colo.

Também despiroquei horrores. Tantas coisas, tantos momentos realmente engraçados, mas quem viveu e viu sabe, não interessa muito colocar aqui. Valeus demais.


# . por Joelma Terto .  0 Comentários