terça-feira, dezembro 24, 2002

Eu não tenho tempo
(Zeca Baleiro, in Vô Imbolá)

Eu não tenho tempo
Eu não sei voar
Dias passam como nuvens
Em brancas nuvens eu não vou passar

Eu não tenho medo
Eu não tenho tempo
Eu não sei voar

Eu tenho um sapato
Eu tenho um sapato branco
Eu tenho um cavalo
Eu tenho um cavalo branco
E um riso
E um riso amarelo

Eu não tenho medo
Eu não tenho tempo
De me ouvir cantar

Eu não tenho medo
Eu não tenho tempo
De me ver chorar


Não faz isso, Zeca, não faz isso... *suspiros*


# . por Joelma Terto .  0 Comentários