terça-feira, dezembro 03, 2002

Apollo X Dionysus

We can walk our road together
If our goals are all the same
We can run alone and free
If we pursue a different aim

Let the truth of Love be lighted
Let the love of Truth shine clear
Sensibility
Armed with sense and liberty
With the Heart and Mind united
In a single perfect sphere

(The Sphere: A Kind of Dream – Cygnus X-1Book II - Rush)

Eu posso parecer idiota falando isso, mas há mais de 10 anos que eu ouço essa música e não tem uma só vez que eu não me emocione muito ouvindo esse finalzinho de Cygnus X-1 (que eu pra mim é HEMISPHIRES e pronto! não ousem me contrariar). Os olhos enchem d’água. Não raro, transborda. Isso é muito lindo demais. É lindo, lindo, lindo. Como em By-Tor and the Snow Dog há uma batalha. Mas não do Bem contra o Mal. E ao contrário desta, não há vencedores. No embate entre Apolo e Dionísio, as duas forças, Love and Reason, saem juntas, de mãos dadas, em harmonia. Uma não pode viver sem a outra. Graças a Cygnus, the God of Balance. O ser humano não pode viver de extremos, de pólos, de hemisférios. Simbiose. Pode não fazer a menor diferença pra ti, mas pra mim faz.


# . por Joelma Terto .  0 Comentários