quarta-feira, dezembro 04, 2002

É amanhã: pra sacudir e bater pé

Grafonola Movimentos Artísticos e A Produtora apresentam...

BUMBAH!

Dia 05/12 (quinta-feira), a partir das 22 horas, no Ocidente (João Telles esq Osvaldo/PoA) Ingresso R$7,00, com direito a uma cerveja

Eu quero ver todo mundo lá!

O que é o Projeto BUMBAH!
Idealizado pelas produtoras gaúchas Grafonola Movimentos Artísticos e A Produtora, o Projeto BUMBAH!.acontece uma quinta-feira por mês no Ocidente. Tem como proposta de divulgar trabalhos artístico-culturais de raiz, do Brasil e do Mundo, através da música, dança, cinema, teatro e artes plásticas, com a participação de DJs, exposições e intervenções ao vivo.

Entre as atrações da noite, as bailarinas Letícia Paranhos, Lindsay Gianuca e Sabrina Bochi apresentam o projeto "Vão", que mescla características das raízes nacionais expressas através da movimentação corporal da dança contemporânea, remetendo à estética primitiva. Dança, música e teatro misturam-se e a arte aliada à critica social surge entre os corpos sujos, o figurino maltrapilho e as confissões de três mulheres que revelam uma situação semelhante a das lavadeiras que residem no nordeste. A trilha sonora contempla ritmos brasileiros como o maracatu e o caboclinho e é executada ao vivo pelo percussionista Jair Júnior, da banda "Percurtindo".

A dança flamenca toma corpo através dos solistas da Cia de Danza Tablado Andaluz. Fundada em 94 pelos bailarinos e coreógrafos Robinson Gambarra e Andréa Franco, a companhia foi indicada ao Prêmio Açoriano de Dança pelos espetáculos "Picasso" (95) e "La Leyenda del Tiempo" (98) e neste mês de dezembro está lançando seu novo espetáculo "Ritos". Durante a intervenção, Robson e Andréa são acompanhados pelos músicos Tiago Gonçalves, ao violão flamenco e Pedro Franco, no cajón.

O espaço Galeria Noturna recebe as exposições "Desenhos Azuis" e "Desenhos Poéticos" de Guilherme Pilla. Desenvolvendo trabalhos nas áreas de cinema e ilustração, Pilla fundou o selo editorial independente Livros do Mal em parceria com Daniel Galera e Daniel Pellizzari, que tem lançado títulos com propostas mais ousadas e menos tradicionais. E ainda a artista plástica de rua Elza Johann apresenta obras de sua mais recente produção. Telas em acrílico, a óleo em relevo e aquarela traduzem uma oscilação entre lucidez e insanidade, uma abstração da dura realidade da artista.

Os DJs Elojac e Santinha fazem uma viagem sonora pelos ritmos brasileiros, de raiz e folclóricos para sacudir e bater pé, como maracatu, coco, baião e ciranda.





# . por Joelma Terto .  0 Comentários